sexta-feira, 16 de julho de 2010

Tv e homofobia

No post anterior eu citei filmes que são uma bênção para a causa LGBT, hoje, infelizmente terei que comentar sobre mais um caso péssimo que aconteceu na TV.

Pra começar, não concordo com alguns quadros humorísticos que usam o estereótipo dos gays espalhados por ai. Não concordo e não assisto, portanto não vou citar nomes, mas recomendo tenhamos um olhar mais crítico em relação a isso.

Pois bem, vamos ao caso de hoje.

Todo mundo conhece bem o teor do programa apresentador por José Luiz Datena (se você não sabe do que se trata é uma pessoa de sorte).

A Defensoria Pública de São Paulo fez uma denúncia contra Datena por causa de seus comentários sobre uma briga envolvendo um travesti, exibida em reportagem de seu programa no dia 30 de abril.

Na confusão, o transexual empurrou o câmera da emissora e Datena disse frases como "Isso é um travecão safado" e "travecão botinudo do caramba".

Todo programa de jornalismo deve seguir a orientação da ética e se você tem o mínimo de consciência sobre comunicação social, já percebeu que programas que abusam do sensacionalismo para obter audiência vivem derrapando neste quesito. O cretino do Datena pode até não "sofrer" de homofobia (pra mim homofobia é uma patologia social), mas não pode ignorar que seu jornalismo influência seu público, que no geral são pessoas não instruídas a ter olhar crítico sobre o que assistem, resumindo: "povão".

Pois é, e é justamente no "povão" que reside a homofobia mais violenta. Sabe aquele "povão" que idolatrou o ignorante, misógino e homofóbico Marcelo Dourado durante o BBB? Que achou lindo quando ele falou que se não estivesse no programa mandaria a Angélica Morango sangrando pro hospital? Que falou que ia perder todos os amigos, trabalho e moral quando o apresentador Bial brincou que Dicésar estava apaixonado por ele?

Como acabar com essa (falta de)mentalidade do brasileiro, se a tv insiste em manter pessoas desse nível de ignorância no ar?

Francamente Brasil! É revoltante!

5 comentários:

Clara e Flávia disse...

já ouvimos falar nesse Damerda aew...
Nem passamos perto de assistir...
Esse cara é um nojo!
Do mais, só temos a dizer q adoramos o blog e estamos seguindo...
QQr coisa, apareça no nosso blog tbm:
http://www.segredosdeumalesbica.blogspot.com
bjs

disse...

coloquei um banner lá no blog pra você, ve depois.

http://lesbicalidade.blogspot.com

Jéssikinha disse...

É realmente revoltante que na tv tenha pessoas desse tipo e que acabam por influenciar, como vcs disseram, o "povo".
Só nos resta lutar contra essa ignorância para que não piore, e sim melhore!

Beijos!

P.S: Adorei o blog de vcs!

As Namoradas disse...

Meninas adorei o blog!
Exatamente o que o texto diz é que sinto hoje, obrigada!

Um beijo, até.

Anônimo disse...

Ação democrática legitima (a de afirmar que os homossexuais são perseguidos) de pessoas de grande habilidade de Mídia; a qual cito no Blog que vou sugerir no seguimento para conhecimento e avaliação.
Quando digo grande habilidade no saber como tratar Notícias e Informações; isto decorre do fato da maneira ruidosa e coerente como conseguem transformar um fato (lamentável é claro) em um factóide (fato maximizado, ampliado acima da sua real razão de ser) de grande repercussão, como é feito diversas vezes que ocorre algum tipo de agressão a homossexuais; cujos números estão muito aquém das agressões contra a mulher e as mútuas entre torcedores, pelo fato fútil de serem torcedores de Times diferentes... Comento isto aqui como elogio à forma inteligente como os homossexuais trabalham os Meios de Comunicação, reproduzindo aqui e ali elementos de Merchandising para aprovar o PLC 122.
É estranho e difícil para eu entender como os homossexuais e a Mídia que têm dentro da sua comunidade ─ hoje e no decorrer da história ─ pessoas inteligentes semelhantes aos filósofos gregos homossexuais: o grande retórico Lísias e o inteligentíssimo Aristófanes, autor do Mito do Andrógino, ver, obra O Banquete da Platão ─; também artistas, intelectuais, pessoas de várias formações acadêmicas e principalmente as da área das Letras; não atentem para o que chamo de estupidez lingüística, que é o chavão acusativo HOMOFÓBICO (de homo-fobia), sabendo-se que homo (latim, homem), homo (grego; igual, semelhante; que é usado em homofobia) e fobia (grego, φόβος ─ medo com decorrente ação retro-ativa de fugir). Do que se conclui que: ao chamarmos alguém de homofóbico estaremos dizendo exatamente ser aquele que tem o sentimento de medo (fobia) a vítima desse (o criminoso no exato entendimento do termo) que lhe infunde medo.
Não tenho nada absolutamente nada contra os reais direitos dos homossexuais; entretanto tenho tudo contra O PLC 122 OU A DITA LEI HOMOFÓBICA (este é o título do meu Blog), cujo endereço é www.verdaderespeitoejustica.blogspot.com , no qual, demonstro ser esta lei, não aquilo que defende os direitos dos homossexuais e sim, um odioso instrumento de Censura; como também está de maneira sintética (sinopse) em outro Blog meu, endereço  www.sinteserespeitoejustica.blogspot.com .
P.S.: Apenas para reforçar como lembrete e gerar interesse ou curiosidade com relação ao Blog citado. CLAUSTRO + FOBIA, FOTO + FOBIA e algumas outras fobias têm plena assertiva nas suas construções, pelo fato óbvio de que quem está enclausurado ou diante de uma forte luz, desesperadamente busca fugir. O que aconteceu com as pessoas que têm conhecimento lingüístico? E o bom senso, o que foi feito dele (no não haver cuidado com o que se escreve e veicula), quando se mantêm o absurdo chavão chamado HOMOFOBIA, que é exatamente contra aquilo que se quer defender?.. Obrigado e parabéns pela dignidade democrática de respeitar opiniões.
Atenciosamente JORGE VIDAL

De Qualquer Maneira!